quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Bom estive afastada essa semana por que fui viajar, e amanhã tornarei a viajar vou visitar meu pai...

Nossa não imaginei que sentiria tanta falta assim de postar e desabafar durante esse tempo, mas foi bomm

Bom é isso, semana que vem to de volta...

Bjãoooo

Chegouuu

É finalmente chegouuu meu niver =D
Parabéns pra mimm   xD


É assim, o tempo passa os conceitos mudam...
A vida as vezes parece chata outras uma aventura interminavél...

O bom é isso é nos vermos cercados por pessoas que amamos sempre...

É ver que nos momentos deficeis havia gente ao seu lado te ajudando.

E quando vc acordava de mal com o mundo com vontade de terminar com a vida ali naquele momento havia uma pessoa forte o suficiente para te agarrar pelos braços e segurar, segurar firme e não deixa-la acabar com tudo...


É isso que faz a vida valer a pena em cada segundo.

E poder comemorar um ano a mais em minha vida me faz ver o quanto estou cercada por essas pessoas especias assim, que fazem cada minuto, segundo valer a pena...

Ahhh  não podia deixar de forao o Arthur que finalmente me deu o escapulario que havia me prometido a dois anos, Tutuuu obrigada viuuu de coração

domingo, 20 de dezembro de 2009

Fim

O fim é apenas  encerramento de uma fase que dará lugar a outra.
O fim ás vezes é doloroso outras vezes traz um certo alivio...

O fim do ano está chegando e eu digo que não estou lá pra festas, comfraternizações e nem nada do genero...

Mas como tenho de fazer o papel de boa menina e não posso ser a ovelha negra da família, o jeito é aturar tudo...
Não que eu não goste dessa epoca eu até gosto, mas esse ano não foi la dos melhores...

Bom a unica coisa boa vai ser meu niver no dia 30, graças a Deus vai faltar so dois anos para os meus esperados 18 (rsrs tem gente doida querendo volta aos 15 e eu aqui loka pra faze 18 kkk ), mas vai ser a unica coisa boa mesmo, so em partes tbm por que eu detesto quando aparece aquelas tias mais esquisitas que agente nem lembra quem é dizendo "nossa mais como cresceu, ontem mesmo era uma criancinha" e mais um monte de blablabla... Eu detesto esse tipo de coisa, sem falar no monte de bobera que me inventam no dia...

Mas pelo menos algum presente aparece nehh xD

O fim do ano vai ser bom pra mim eu vo dexa umm monte de coisa p/ tras, to decidida a fazer tudo diferente no proximo ano, disposta a esquecer todas essas coisas ruins que me aconteceram...
Deixar no passado o que passado se tornou...

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009




Este selo recebi do Lukas do blog A cela de um Anjo caido

Obrigadoo Anjo xD


Repasso para:




quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

O Precipício da Alma



Dias escuros, frios e silenciosos. O chamado sem palavras cortando o coração e arremessando a minha alma para perto de um precipício. Atrás, tudo lindo, radiante, alegre e quase perfeito. Eu estava sendo jogada para longe de toda a perfeição que conhecia; sendo afastada. Sem nenhuma força aparente para deter as forças naturais que me encurralavam. Estava com os calcanhares na beira do precipício. O medo arrombou o meu coração e escutei um gemido de dor e sofrimento. Então percebi que era a minha vez e o chamado era para mim. Fui jogada no precipício que parecia não ter fim.

O vento gelado batia no meu rosto, deixando ele duro e gelado. Meu corpo paralisado, tentando lutar contra a canção que ecoava no precipício fundo. A melodia era relaxante e harmoniosa. Meus olhos lacrimejando e banhando os campos da porta da minha alma. Olhos fechados, mente ativa. Uma criança brincava com o pai em um jardim; uma mãe sorria para o filho que acabava de nascer; Um homem tentava seguir o que a maioria fazia; procurava um rio em um mar; seguia uma linha de pensamento e não questionava seus pensamentos; trabalhava em todos os momentos, mesmo quando a filha pedia um passeio; lembrava do amor que sentia por sua família e de quantas oportunidades não soube expressar isso. Agora conseguia ver o que não via antes.

Em segundos vi toda a minha vida e dancei ao balanço do vento. Quando abri os olhos estava sozinha na beira do precipício, profundo e tão real, pronto para cair e viver a experiência da ida até ao fundo do espírito e do tombo de crenças sem fundamento, correntes imaginárias e ignorância ignorada. Não tive medo e dei o primeiro passo para o primeiro vôo.

Don't Jump (Não Pule)


Em cima do telhado
O ar é tão frio e tão calmo
Digo seu nome em silêncio
Você não quer ouvi-lo agora
Os olhos da cidade
Contam as lágrimas que caem
Cada uma é uma promessa de tudo que
Você nunca encontrou

Eu grito na noite por você
Não torne isso verdadeiro
Não pule
As luzes não irão guiá-la
Elas estão enganando você
Não pule
Não deixe ir as memórias
De mim e de você
O mundo está lá em baixo
Fora de vista
Por favor, não pule

Abra seus olhos
Mas você não se lembra pra que
A neve cai calmamente
Mas você não pode mais senti-la
Em algum lugar,
Você perdeu-se na sua dor
Você sonha com o fim
Pra começar tudo de novo

Eu grito na noite para você
Não torne isso verdadeiro
Não pule
As luzes não irão guiá-la
Elas estão enganando você
Não pule
Não deixe as memórias
De mim e de você ir
O mundo está lá em baixo
Fora de vista
Por favor, não pule
Não pule

Eu não sei por quanto tempo
Posso segurar-lhe tão forte
Eu não sei por quanto tempo

segure minha mão
Eu te dou uma chance
Não pule

Eu grito na noite por você
Não torne isso verdadeiro
Não pule
As luzes não irão guiá-la
Elas estão enganando você
Não pule
Não deixe as memórias
De mim e de você ir
O mundo está lá em baixo
Fora de vista
Por favor, não pule
Não pule

E se você não puder mais voltar atrás
Eu pulo por você!

                           Tokio Hotel

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Ela fingiu não ver o que acontecia...
Era assim que seguia seus dias, fingindo.
Era como ela conseguia suportar.

Ela tentou tornar seus sonhos realidade...
Mas não tinha mais asas pra voar tão alto.
Ela poderia ter se jogado, ter feito tudo se tornar mais facil para ela...
Mas não, ficou em pé olhando o precipicio, arriscou jogar algo pra ver até onde ia...
Porém fugiu aos seus olhos aquele objeto que jogara...

As vezes pensava que poderia voltar a ser como antes
Mas no fundo sabia que não...

E por mais que tentasse as noites se tornavam cada vez mais frias e vazias...
Mais solitarias e sombrias...

Tah Alessandra

domingo, 13 de dezembro de 2009

"Não, Tempo, não zombarás de minhas mudanças!
As pirâmides que novamente construíste
Não me parecem novas, nem estranhas;
Apenas as mesmas com novas vestimentas."

Willian Shakespeare

Um Tempo...


Chegará um tempo em que teremos que escolher continuar ou desistir
Chegará um tempo em que os sonhos não mais se encontrarão, e tudo que um dia sonhamos parecerá em vão.
Chegará um tempo em que os abraços não terão mais o mesmo sentido, os olhares não terão mais palavras para falarem no silencio.
Chegará um tempo em que até as melhores lembranças se tornaram sua “inimiga” por que você não saberá se lembrar do que passou é bom ou ruim, pois as lembranças te trarão dores ao coração…
Chegará um tempo em que apesar das magoas e fraqueza, você ainda optará pelo AMOR e irá amar muito mais do que quando amou sem suas magoas, (eu lhe digo que isso não será nada fácil.)
Chegará um tempo em que seu coração vai pedir insistentemente pra você para de amar, de graça, pois quem está sofrendo com tudo é você, mas você não conseguirá atender a esse pedido, pois “QUEM DIRIGE MEU CAMINHO E ME ENCHE DE CARINHO É O AMOR”
Chegará um tempo em que “novos” chegaram, e você ligeiramente será esquecido, suas conversas não terão mais sentido, suas brincadeiras se tornarão sem graça, sua presença já não será tão importante, mas mesmo assim você ainda continuará AMANDO.
Chegará um tempo em que você sofrerá, por continuar amando e vai querer repensar se realmente ter optado pelo AMOR, foi a escolha certa…
Chegará um tempo em que você irá se odiar por não conseguir deixar de AMAR, mas não terá problema, “POR QUE O ODIO É UMA FORMA TÃO ESTRANHA DE AMAR”
Chegará um tempo em que você começará a repensar se foi mesmo uma boa idéia ter deixado esse amor entrar na sua vida com tanta intensidade, mas também não é problema, pois AMAR É COMO CHOVER EM TERRA SECA…(O Amor que é dado sempre será um alento pra quem o receber )
Chegará um tempo em que te falaram que amar assim é ruim, mas você mesmo sabendo que te trará inúmeras dores ainda persistirá em AMAR…
Chegará um tempo em que te perguntarão se foi valido amar com tanta intensidade e não ter conseguido ao menos um mínimo de retorno por esse amor, e você sorrindo responderá que sim, porque quem amou primeiro foi Jesus se entregando numa cruz, depois ele amou em mim, e me ensinou como amar na minha humanidade.
… Somente o que tiver sido feito no amor e por amor terá valido a pena;
o resto terá sido somente muito cansaço. E se muito amares, marca do
que fizeres, permanecerá.

Pe. Airton Freire
Se eu tivesse o coração que dei
Tivesse ainda ilusão, nem sei
Coragem pra recomeçar no amor
Bobagem, pois amor assim, só um.

Agora é vida sem razão, porque?
Tentando orar eu só rezei você
A sua ausência mais e mais me invade,
Pediu amor e devolveu saudade

eu nunca mais vou te esquecer...

Moacyr Franco

sábado, 12 de dezembro de 2009

Contrários

Só quem já provou a dor
Quem sofreu, se amargurou
Viu a cruz e a vida em tons reais

Quem no certo procurou
Mas no errado se perdeu
precisou saber recomeçar

Só quem já perdeu na vida sabe o que é ganhar
Porque encontrou na derrota algum motivo para lutar

E assim viu no outono a primavera
Descobriu que é no conflito que a vida faz crescer

Que o verso tem reverso
Que o direito tem o avesso
Que o de graça tem seu preço
Que a vida tem contrários
E a saudade é um lugar
Que só chega quem amou
E o ódio é uma forma tão estranha de amar

Que o perto tem distâncias
E o esquerdo tem direito
Que a resposta tem pergunta
E o problema, a solução
E o amor começa aqui
No contrário que há em mim
E a sombra só existe quando brilha alguma luz.

Só quem soube duvidar
Pôde enfim acreditar
Viu sem ver e amou sem aprisionar

Quem no pouco se encontrou
Aprendeu multiplicar
Descobriu o dom de eternizar

Só quem perdoou na vida sabe o que é amar
Porque aprendeu que o amor só é amor
Se já provou alguma dor
E assim viu grandeza na miséria
Descobriu que é no limite
Que o amor pode nascer
Pai!
Pode ser que daqui a algum tempo
Haja tempo prá gente ser mais
Muito mais que dois grandes amigos
Pai e filho talvez...

Pai!
Pode ser que daí você sinta
Qualquer coisa entre
Esses vinte ou trinta
Longos anos em busca de paz...

Pai!
Pode crer, eu tô bem
Eu vou indo
Tô tentando, vivendo e pedindo
Com loucura prá você renascer...
Pai!
Eu não faço questão de ser tudo
Só não quero e não vou ficar mudo
Prá falar de amor
Prá você...

Pai!
Senta aqui que o jantar tá na mesa
Fala um pouco tua voz tá tão presa
Nos ensine esse jogo da vida
Onde a vida só paga prá ver...

Pai!
Me perdoa essa insegurança
Que eu não sou mais
Aquela criança
Que um dia morrendo de medo
Nos teus braços você fez segredo
Nos teus passos você foi mais eu...

Pai!
Eu cresci e não houve outro jeito
Quero só recostar no teu peito
Prá pedir prá você ir lá em casa
E brincar de vovô com meu filho
No tapete da sala de estar
Ah! Ah! Ah!...

Pai!
Você foi meu herói meu bandido
Hoje é mais
Muito mais que um amigo
Nem você nem ninguém tá sozinho
Você faz parte desse caminho
Que hoje eu sigo em paz
Pai! Paz!...



Hoje deu saudades do meu pai do tempo em que ele chegava de noite em casa e vinha no meu quarto me dar boa noite...
Queria aquele tempo de volta, o tempo que agente era Pai e Filha
Hj tão pouco te vejo, ás vezes na hora da raiva nem Pai te considero...
Mas é que eu queria que o senhor entendesse que eu preferia vc aqui bem perto do que longe assim...

Pai se um dia o senhor souber de como eu o amo so não tenho coragem de dizer vai entender que as minhas atitudes eram  de uma filha inconformada...

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Sabe o que é doloroso???
É ver a frase "eu te amo" não sendo dita mais por mim...
É ver os nossos momentos, nossa manias se repetirem, mas não sendo mais eu e vc.
É dolorido essa coisa dentro de mim, isso de parecer que fico algo não terminado.
Eu não to aguentando isso mais, Eu ja to sem forças...
TO cansada de de ver e ouvir os outros falerem de vc...
Tá doendo de mais, ta doendo tanto...
Nunca entendi o por q de vc ter feito o que fez...
Eu ja tinha lutado tanto por nos...
Tinha passado por cima de tanta coisa, tinha aceitado tanta coisa...
Eu fingi não ver as coisas que vc fazia, fingia que tava tudo bem por que eu ja te via tão pouco e não queria perder os meu preciosos minutos com vc brigando...
Eu te dei tudo o que estava ao meu alcance, eu fui sua como não fui de mais ninguém...
Eu me apaixonei por vc em uma manhã de escola, em uma tarde em que vc roubou minha lapiseira e me fez ficar fora de casa até as 11 da noite...
Eu amei vc mais do que a mim mesma...
Eu superei os meu medos pra poder ficar com vc...

Eu ainda lembro daquela noite em vc disse que eu era a tua paz....

Você se afastou, foi aos poucos me matando por dentro mas não me deixava...
Me fez sofrer tanto, me fez amar sozinha...
Eu não aguentei. e terminei... 
Foi tão dificil as palavras mal saiam....

E hj o meu mundo cai de novo, eu tava melhorando, superando...
E confirmo a minha duvida...
Vc tava com outra antes de terminar comigo, tava com outra...
Sumia semanas p/ ta com outra...
E não tinha a menor intenção de terminar por que o ultimo dia que nos vimos estava tudo bem, agente passo a noite juntos, e depois nunca mais....

Mas hj eu descobri que vc ja amava outra e que eu não era mais nada....
O duro foi ver aquele depo, que descreve perfeitamente como eramos no inicio...
Eu passei um ano da minha vida com vc, e não significou nada....

Meu Deus me ajuda, me dê forças, sozinha eu não aguento mais...

BONS AMIGOS

                         
Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Compartilhar!!!



Recebii do Lukas, maiss  lindooo *-*  =]




Regras:

1- Copiar o selinho no seu blog

Ok


2- Deixar um comentário no Blog do amigo que
te indicou.


Ok

3- Linkar o amigo que te indicou.

 
A Cela de Um Anjo Caido 


4- Indicar 10 blogs que você acha que compartilhar
tudo com todos








A Little Light in my mind





5- Deixar uma mensagem explicando o que é compartilhar.

Compartilhar, não se compartilha apenas com os que estão ao nosso lado fisicamente, mas sim com todos que de alguma forma nos tocam o coração; se compartilha as palavras, dor, alegria, se compartilha sentimento, se compartilha esperança... 
Compartilhar é dividir, ajudar a todos que se pode...
Medo....
Do escuro, ainda que o prefira.
Medo de algumas preces que eu fiz serem atendidas.
Medo de amar de novo e perder esse amor.Embora não se perca o que nunca se teve.
Medo de magoar as pessoas, mesmo isso sendo inevitavel.
Medo da MORTE, não da minha, mas das pessoas que amo.
Eu tenho medo de viver, de viver errado, de um dia olhar para tras e ver que foi tudo em vão.
Eu tenho medo de mim, de como eu posso ser ruin, de como posso ferir as pessoas, medo do meu eu escondido...
Eu tenho medo de esquecer as pessoas que me ajudaram...
Tenho medo de cometer um erro muito grande.
Eu tenho medo de me arrepender...
Eu tenho medo de demonstrar o meu carinho pelas pessoas
Tenho medo,ás vezes da pessoas, de como elas podem ser, de como podem me cativar ou me ferir.
Tenho muitos medos, alguns q desconheço outros que ja superei...

Tenho muitos medos, medos que agente não entende, que não se supera, que agente tenta esquecer...
Mas o tremor por dentro insiste em faze-lo permanecer vivo dentro de mim...

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Se as coisas fossem "Perfeitas"

...Não existiriam lições de vida...
   Não haveria arrependimentos
   E nem descobertas,
   Mãos não se uniriam e 
   Sonhos não seriam valorizados.
   Se tudo fosse perfeito
   Olhares não se completariam
   E gestos passariam despercebidos...
   As lágrimas não existiriam,
   As palavras seriam perfeitas...
   Se tudo fosse perfeito Eu pularia no abismo
   Sem medo da morte,
   Pois asas eu ganharia!
   Atravessaria o oceano
    Sem medo de ser levada pelas ondas,
   Sem receios de me perder em suas profundezas...
   Se tudo fosse perfeito DORES não existiriam
   E a CURA não seria procurada!
   Se tudo fosse perfeito NÃO haveria a busca pela PERFEIÇÃO.
   NADA é por acaso.
   VOCÊ existe
   E essa é a maior PERFEIÇÃO !!!
Não importa onde você parou...
Em que momento da vida você cansou...
O que importa é que sempre é possível e necessário "RECOMEÇAR".
RECOMEÇAR é dar uma nova chance a si mesmo...
É renovar as esperanças na vida e, o mais importante...
Acreditar em você de novo.
Sofreu muito neste período?
Foi aprendizado...
Chorou muito?
Foi limpeza da alma...
Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia...
Sentiu-se só por diversas vezes?
É porque fechaste a porta até para os anjos...
Acreditou em tudo que estava perdido?
Era o início de tua melhora...
Onde você quer chegar?
Ir alto?
Sonhe alto...
QUEIRA O MELHOR DO MELHOR...
Se pensamos pequeno...
Coisas pequenas teremos...
Mas se desejarmos fortemente o melhor e
PRINCIPALMENTE LUTARMOS PELO MELHOR...
O melhor vai se instalar em nossa vida.
Porque sou do tamanho daquilo que vejo.
E não do tamanho da minha altura."

Os Ombros Suportam o Mundo (Drummond)


Chega um tempo em que não se diz mais: meu Deus.
Tempo de absoluta depuração.
Tempo em que não se diz mais: meu amor.
Porque o amor resultou inútil.
E os olhos não choram.
E as mãos tecem apenas o rude trabalho.
E o coração está seco.
Em vão mulheres batem à porta, não abrirás.
Ficaste sozinho, a luz apagou-se,
mas na sombra teus olhos resplandecem enormes.
És todo certeza, já não sabes sofrer.
E nada esperas de teus amigos.
Pouco importa venha a velhice, que é a velhice?
Teus ombros suportam o mundo
e ele não pesa mais que a mão de uma criança.
As guerras, as fomes, as discussões dentro dos edifícios
provam apenas que a vida prossegue
e nem todos se libertaram ainda.
Alguns, achando bárbaro o espetáculo
prefeririam  morrer.
Chegou um tempo em que não adianta morrer.
Chegou um tempo em que a vida é uma ordem.
A vida apenas, sem mistificação.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009



Bom me antecipando, amanhã é Niver da minha irmã...
Amo d+ Vc viu irmã...
Sabe eu não sei o que seria de mim sem vc.
Obrigado mesmo por todos os abraços e por deixar eu dormir com vc quando eu tava desamparada...
Obrigado por todos os cafunes, abraços, beijos, palvras das quais nunca vou esquecer...
Obrigado por ter ficado comigo ontem de baixo de chuva pra pular e gritar ate falar chega no show do Alan e Alex...
Obrigado por todos os momentos de riso, das gargalhadas sem sentido...
Nunca, vo esquecer dos nossos momentos viu nunca...
Parabéns viu que essa data se repita por muitos e muitos anos e que eu possa estar ao teu lado sempre
Bjão Irmã eu te Amo
Ao fazer o post anterior, me surgiu algo muito forte...
Escrevo aqui porq encontrei pessoas que me ajudam...
Por que encontrei pessoas que me entendem...
Que de certa forma se preucupam comigo, escrevo aqui por que é melhor que receber falsos abraços, palavras que veem so pra machucar mais.
Escrevo aqui por que conheci pessoas que passaram por situações semelhantes, que de alguma forma se encontram precisando de um pouco de atenção, de uma palavra acolhedora...

Gostaria de agradecer a essas pessoas que vem seguindo meu blog, que deixam sempre comentarios que me ajudam, confortam.

So tenho a dizer que VCs me ajudam muito nessa fase que passo...
Que encontrei aqui meu porto seguro...

Sim

Sim, gostaria de escrever, sobre flores, dias de sol,nuvens coloridas e algodão doce...
Mas não é o que me motiva, não é o que me acontece no momento.
Escrevo minha vivencia ainda que um pouco dolorosa, escrevo sobre o amor que se foi...
Escrevo as vezes em terceira pessoa, pra sair um pouco da rotina pra ter a ilusão que essas coisas não acontecem comigo...
Escrevo por que aqui consigo desabafar, mostrar realmente o que se passa aqui dentro...
Por q aqui não preciso me fazer de forte, não preciso manter as aparencias...
Escrevo o que me doi a alma, o que me machuca...Escrevo o que sinto...
E enquanto as palavras não saem de dentro de mim, essas me atormentam, me machucam...
E quando saem, confortam, me trazem um sensação de alivio ainda que não passe apenas de sensação.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Não há o q fazer...
Era pra ser assim...
Foi o que disseram, que não havia solução.
Na verdade nem sequer tentaram simplesmente deixaram morrer.
Não me conformo com tamanha indiferença, é dificil aceitar.
Ainda escuto o seu respirar, o som da sua voz susurrando, implorando...
Isso me atormenta todas as noites...
Não lutaram contra aquele terrivel fim...
Ás vezes penso ter sido melhor assim, se não tivesse partido, restariam sequelas, marcas, cicatrizes...
Não seria a mesma coisa, não seria a mesma vida.
Eu não me importaria, tomaria todas as dores e me manteria forte, mas teria sido egoismo.
Mas ainda espero todas as noites que o teu corpo quente venha de encontro ao meu...
Ainda espero seus olhos ver novamente...

Dois meses, e ainda doi, e eu não sei o que fazer...
Enquanto a chuva cai la fora, molhando o vidro da janela, que eu ficava te olhando partir...Eu lembro de nos dois, eu lembro da ultima vez que te vi partindo...

Eternamente TE AMO
Hoje, hoje faz dois meses que tudo acababou, que vc se foi...
Dois meses em q o que eu mais fiz foi chorar, foi sentir saudedes...
Ainda doi d+, e é dificil suportar...
Tenho tantas coisas para fazer, tantas coisas resolver...
A cada dia que passa parece que vai ser pior...

Eu tento seguir todos os conselhos que me dão, do tipo:
Vc tem que seguir em frente... 
Tem que superar isso...
Eu juro que tento seguir todos estes conselhos mas é dificil esquecer tudo...

Mas no fundo eu sei que ta passando, amanha sera um novo dia...
E eu vou tentar seguir em frente, como disse minha amiga : "Vc está no caminho certo"

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Hoje um colega me perguntou se sentia tua falta 



a resposta:



Sim e muita.
Nos perderemos entre monstros
Da nossa própria criação?
Serão noites inteiras
Talvez por medo da escuridão
Ficaremos acordados
Imaginando alguma solução
Pra que esse nosso egoísmo
Não destrua nosso coração

Legião Urbana ( Será ) 
Ela não sabia o que dizer
As palavras estavam engasgadas 
Na garganta seca...
Era dificil para ela admitir o que todos sabiam.
Ela lutou contra o que a consumia...
Mas não era tão forte quanto pensavam

No fim da noite ela se fechava 
Não sei explicar, mas é como se ela fosse para outro mundo
Dava para ver em seus olhos a dor e o arrependimento
As palavras agora eram confusas e ela já não sabia o que sentia.
Era como o medo so que mais apavorador...

As lagrimas já não tinham o gosto de antes 
E chorar não resolveria nada
O cansaço já a tomava por completo
Então ela adormeceu...

No inicio do dia, ela sufocou seu coração.
Se arrumou e colocou sua mascara
Escondeu dentro de si todo o sofrimento
Camuflou os olhos inchados
No rosto um sorriso forçado

As palavras agora um pouco mais nitidas 
Fluem pela boca facilmente...
As coisas agora parecem bem
Mas ao cair da noite... 
A sua voz era calma o suficiente para me acalmar...
Os braços fortes, trazia uma sensação de proteção...
A qual nunca existiu...

Nos seus olhos havia tanta solidão
Um vazio imenso
Era atraente, convidativo...
Instigava curiosidade...
Uma vontade incontrolável de descobrir o seu mistério.
Ás vezes dava medo quando me deparava, assim derrepente...
Com aqueles olhos a me fitar.
Entenda, ela disse...
Não ha mais nada que eu possa fazer.
Agora eu posso me trancar no quarto e descansar...
Não a solução para o fim, ele era inevitável ate para mim!

Ela disse que poderia suportar
Que conseguiria aguentar
Que a dor passaria
Que a saudade não machucaria
Mas descobriu que não podia...
Que ainda havia muito dele em seu ser...

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Russian Roulette

Take a breath, take it deep
Calm yourself, he says to me
If you play, you play for keeps
Take a gun, and count to three
I'm sweating now, moving slow
No time to think, my turn to go


And you can see my heart beating
You can see it through my chest
And I'm terrified but I'm not leaving
Know that I must pass this test
So just pull the trigger

Say a prayer to yourself
He says close your eyes
Sometimes it helps
And then I get a scary thought
That he's here means he's never lost


And you can see my heart beating
You can see it through my chest
And I'm terrified but I'm not leaving
Know that I must pass this test
So just pull the trigger


As my life flashes before my eyes
I'm wondering will I ever see another sunrise?
So many won't get the chance to say goodbye
But it's too late too pick up the value of my life

And you can see my heart beating
You can see it through my chest
And I'm terrified but I'm not leaving
Know that I must pass this test

And you can see my heart beating
You can see it through my chest
And I'm terrified but I'm not leaving
Know that I must pass this test

So just pull the trigger.




Respire, respire fundo
Acalme-se, ele diz para mim
Se você jogar, você jogue para ganhar
Pegue uma arma, e conte até três
Estou suando agora, me mexendo devagar
Não há tempo para pensar, é a minha vez


E dá para ver o meu coração bater
Dá para ver pelo meu peito
Estou apavorada, mas não vou sair
Sei que preciso passar nesse teste
Então simplesmente puxe o gatilho

Faça uma oração para você mesmo
Ele diz para fechar os olhos
Às vezes ajuda
E então eu tenho pensamentos assustadores
Já que ele está aqui, é porque ele nunca perdeu


E dá para ver o meu coração bater
Dá para ver pelo meu peito
Estou apavorada, mas não vou sair
Sei que preciso passar nesse teste
Então simplesmente puxe o gatilho


A minha vida passa diante dos meus olhos
E eu me pergunto se algum dia verei o sol nascer novamente
Tantos não tem a chance de dizer adeus
Mas é tarde demais pra rever o valor da minha vida
 

 E dá para ver o meu coração bater
Dá para ver pelo meu peito
Estou apavorada, mas não vou sair
Sei que preciso passar nesse teste
Então simplesmente puxe o gatilho
Estive ausente esse fim de semana, mas foi por uma boa causa.
A 4 meses atras conheci meu irmão, por parte de pai ele tem 22 anos...Foi emocionante, é uma coisa meio inexplicavel meu pai não o vê desde que o garoto tinha 11 anos.
Ele quis e  veio atras me encontrou e hj mantemos contato e posso dizer que o considero irmão mesmo não so pelo fato do laço de sangue, mas pela nossa ligação, pelo nosso afeto mutuo...

Bom mas  esse fim de semana foi o casamento dele, e ele fez questão de minha presença então a razão de minha ausencia.

Ao ver a cerimonia q foi linda mesmooo, eu parei pra pensar no casamento em como é um grande passo em uma vida...Em como as pessoas algumas pelo menos acreditam no amor eterno. A promessa que fazem ao se casar, ao trocarem as alianças e dizerem sim eu aceito, vai alem daquelas palavras, ao prometerem, assumem viver juntos e superar problemas bem maiores, começam uma vida juntos onde vão aprender e ensinar juntos, onde não serão dois e sim um...

Segue abaixo um trecho de Fernando Pessoa


"O amor romântico é como um traje, que, como não é eterno, dura tanto quanto dura; e, em breve, sob a veste do ideal que formámos, que se esfacela, surge o corpo real da pessoa humana, em que o vestimos. O amor romântico, portanto, é um caminho de desilusão. Só o não é quando a desilusão, aceite desde o príncipio, decide variar de ideal constantemente, tecer constantemente, nas oficinas da alma, novos trajes, com que constantemente se renove o aspecto da criatura, por eles vestida".



quinta-feira, 26 de novembro de 2009

..."A paixão quer sangue e corações arruinados
E saudade é só mágoa por ter sido feito tanto estrago
E essa escravidão e essa dor não quero mais
Quando acreditei que tudo era um fato consumado
Veio a foice e jogou-te longe
Longe do meu lado"...


Legião Urbana( Longe do meu lado )

Declaracao de Afeto



Bom este selo se torna de grande significado p/ mim por ser o primeiro selo que recebo...
Alem disso o recebi de uma Anjo que admiro muito A Cela De Um Anjo Caido ...


Junto com este selo vem uma belissima Declaracao de Afeto:


Amigo(a),
você que parece estar tão longe,
na verdade está mais perto do que imagina,
porque é impossível de estar longe,
quem toca minha vida como você.
TE AMO MUITO!!!!



A regra e repassar para 10 blogs. Entao repasso para:

Vórtice 


. Sutilmente.

Dentro do Erro

Adh2bs

O Profeta

O contador de Histórias

O cantinho dos meus Desabafos

Nas Horas e Horas e Meias


Acústico e Valvulado

Cartas de amor e de Ódio

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Não quero ouvir, nem ver, nem sentir a presença, de ninguem.
Possivel fosse desaparecer aos olhos de todos.
Não quero que me ouçam, que me vejam, que me sintam presente.
Necessidade tenho de acolher-me a braços invisíveis, imaginados por mim.
Sentir-me segura dentro de um mundo vazio, um mundo insano.
Apreciar a volúpia do silencio, assimilar cada segundo dessa solidão, tão desprezada.
Conter-me para que a magnitude da noite vazia e silenciosa não se quebre.
Ela só queria acariciar o mundo,
ser vôo de gaivotas,
porque a tarde de espera era ociosa
e a gestação do último suspiro era vereda.
Seu lado de fora, agora adormece,
volta à concha com pérola maculada,
sob a casca ainda vê o farrapo de lua.
Em vãos de redoma de ossos, descalça de alma,
veste mármore em canto branco deserto.
Apenas chagas abertas ao fogo, a água e a sorte,
um certo ar de açoite, um fio de horizonte,
um pedaço que parte, foge, mergulha em aço;
outro que fica com o olhar no escuro,
procria, funde, inunda.
Pó de cacos, pedaços de vôos vivem ave ferida.
Ela só queria ter o direito de cumprir pássaro,
mas solidifica grito profundo
na garganta de herança e achado,
fecha baú mascarado de mar e nada.
Eu tentei ser outra pessoa
Mas nada pareceu mudar
E eu sei agora, isto é o que eu realmente sou!
Finalmente eu me encontrei! Lutando por uma chance eu sei agora,
ISTO É O QUE EU REALMENTE SOU!


(The Kill)

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Você chegou como luz, numa noite sem luar.
Me convidou a dançar, na escuridão de olhos fechados.
Me puxou pela mão e me conduziu...
Disse que eu podia confiar; que você não me soltaria...
Disse que ficaria tudo bem...
Mas hoje, eu procuro você, procuro suas mãos para me conduzirem e não as encontro.
Percebo que não tenho você para me ajudar a resolver os meu problemas, peercebo que já não tenho com quem dividir minhas indecisões.
Tento aprender sozinha, tento controlar tudo o que esta acontecendo, mas me sint impotente...
Eu não quero desistir, não quero me trancar no quarto por semanas, não quero esquecer da vida...
Na realidade eu não sei o que quero. 
Eu preciso de você para me acalmar, para me proteger...
Desculpa envocar teu nome tantas vezes; é egoismo de minha parte.
Acho que está na hora de deixa-lo partir por inteiro e em paz...

Por mais que me doa eu sei que no fundo eu quero seguir, quero esquecer e por um fim nesse sofrimento, mas as vezes não me sinto nesse direito, por tudo que eu fiz, por tudo que fizemos por tudo que passamos...
Eu ainda não sei o que devo fazer, o que querer, não sei o que é certo tão pouco errado...

"Aos poucos a dor cessa...E a saudade fica..."
Aii que vontade de sair correndo, de jogar tudo fora...
Esquecer toda essa vida que por enquanto so me da dor de cabeça...
Que agonia incosntante, isatisfeita dentro de mim, vontade de gritar em parar...
As vezes da vontade de fugir; ir para um lugar onde nada tenha tanta importância como aqui...
Ai que saudade dos tempos de inocência, dos tempos em que brincar de boneca bastava...
Que saudade dos lugares de paz da manhãs com cheiro de chuva...
Hj não tem nada que me motive tanto em querer ficar de pé em querer estar onde estou...
A unica vontade que me consome por inteira hj, é estar em minha cama, em minha casa trnquila, sem atormentação, deitar-me e sonhar com um tempo que talvez exista apenas em meus sonhos...

domingo, 22 de novembro de 2009

Cansei...

Tudo bem, cansei de fingir que as coisas estão bem...Que a tempestade passou pra mim.Que a dor já não doi.
Cansei de olhar e responder to bem pode acreditar... Cansei de ouvir todos falando de você como se eu estivesse preparada pra ouvir; não sabe como me esforço pra não desmoronar...
Dizem" ja deu desse sofrimento, ja faz quase dois meses, vc tem que seguir em frente" mas não sabem como me sinto, o q são dois meses comparados a um ano??? 
Canseii disso tudo, cansei de lutar contra essa dor, cansei de manter sorrisos e bons modos...
Eu so quero que essas pessoas tenham mais  compaixão que respeitem a minha dor a minha vontade de ficar só, a minha vontade de curtir um pouco essa solidão...
Que não tentem me animar com piadas sem noção, e arrumar garotos que não me enteresso nem um pouco...Que não pensem que preciso tanto dessa diversão falsificada, embalada e com prazo de validade...Não quero nada disso!!!
Tentem entender, um coração macuhcado precisa de tempo embora não o tenha para se reconstruir, tratar as feridas, juntar os caquinhos, ficar de repouso pra se recuperar e então abrir as portas para um outro alguém entrar...
     Eu só peço um pouco mais de paciência...

sábado, 21 de novembro de 2009

Eu sei que não da pra explicar tão pouco entender, eu so queria que o que eu vivi tivesse sido verdade não so pra mim, não importa o que tenha acontecido eu não consigo esquecer...Eu queria verdades que vc não foi capaz de me dar, verdades que hj eu não sou capaz de escutar por q sei q vai doer...
Essa noite eu vou voar, ir pra qualquer lugar, ver fantasmas que não existem, ter vc bem perto de mim, essa noite eu vou sentir vc de novo vou ficar em paz ... com vc.
Ver uma luz no fim do tunel, encontrar um olhar assim te fitando assim meio sem querer ser percebido, um sorriso disfarçado, encontrar alguem assim meio que por acaso, Nos da forças, ainda que ilusorias...Nos da esperanças, ainda que não tenhamos...


Tarsila Alessandra

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Fico pensando que nunca mais vai se repetir, que é só uma vez, a única, e vai me magoar sempre

Hoje


Hoje eu pedi tanto por você
Pensei que você viesse me ver
Não pude contar a tristeza
Que rapidamente ofuscou minha beleza
Sozinha num lugar solitário
Esperando dar o meu horário
Minhas mãos ficando frias
Esperando aquecer à dias
Com o pensamento longe
Eu elevo os meus olhos para o monte
Que se formou diante de mim
Me isolando cada vez mais aqui
Hoje eu estive sozinha
Sentindo você enquanto caminha
Tentei acompanhar seus passos
Mas só consegui gravar seus traços
Como você não me viu
Com o coração nas mãos partiu
Eu quis te segurar
Para não deixar de me amar
Não pude te deter
Porque você quer viver
Só fico aqui a pensar
O porque de você me deixar
Será que não te completei?
Será que sem você viverei?
É difícil ficar longe de você
Mais difícil ainda é não poder te ver

Tem dias que quero GRITAR

Hoje minha maior vontade é gritar...
To cansada de tanta cobrança, esperam que eu seja perfeita, mas esquecem que sou humana...
To cheia disso...Eu quero um cadim de PAZ é pedir muito?
A convivencia com meu irmão é complicada d+ e hoje pra me irritar ele havia escondido meu teclado e mause... Que odio, a sulução foi apelar pro meu Pai já que minha Mãe acha que eu sou a errada...Falando em mãe e Pai eles são separados e meu Pai mora em outra cidade...Bom mas meu irmão por favor ninguém merece ele não é nenhuma criancinha mais, mas insisti em se portar como tal, mal cv com ele e sou responsavel por mais da metade das burradas dele ou melhor minha Mãe me responsabiliza por elas...Acha que ele é um santinho...Nossa ooo vontadade de gritar, de chingar de falar umas verdades viu...So que não vale a pena...
Aii deu pra da uma desestressada, escrevi um cadim das coisas que hj acabam com o meu dia...Ufaa sensação de um certo alivio...

terça-feira, 17 de novembro de 2009

E lagrimas rolaram por minha face
ao perceber que realmente não havia mais nada a fazer...
que você eu teria pedido para sempre... 
A onde quer q vc esteja, espero que sinta ainda um pouco do meu amor por vc,
pois eu sinto aqui todo o amor q um dia vc me deu...

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Passa...

A dor passa, o arrependimento passa, a vontade passa; a felicide passa, a saudade passa...
Não importa que demora um dia, uma semana, um mês ou dois talvez um ano ou mais, mas vai passar...
Nada é eterno tudo dura o tempo necessario para se tornar inesquecível.
Eu não sei até quando essa saudade vai me machucar, não sei quanto tempo vai demorar para passar, mas espero que não demore pois está dificil de aguentar...
Existe um medo tão grande aqui dentro, uma angustia que me põe a corar no travesseiro, nem parece ter um mês e dez dias que nossa historia teve fim...
Você partiu,se foi levou com você um pedaço de mim, não me deu chance de me despedir, não me deu chance de te dizer Eu Te Amo uma ultima vez...
Hoje não consigo mais me lembrar do calor do teu corpo junto ao meu e isso doi tanto, saber que daqui um tempo não me lembrarei nitidamente de você, machuca muito. 
Eu queria um abraço seu, como aquele abraço, como o nosso primeiro abraço, foi o melhor que eu ja ganhei em toda a minha vida...
Ahhh como eu queria ter você aqui, como que queria ter você deitado no meu colo dormindo outra vez, eu não reclamaria nem um pouco, ficaria ali te fitando velando o  teu sono, entenderia o teu cansaço e não te amaria menos por isso.

domingo, 15 de novembro de 2009

• ' Meu mundo se resume a palavras que me perfuram, a canções que me comovem, a paixões que já nem lembro, a perguntas sem respostas, a respostas que não me servem, à constante perseguição do que ainda não sei. Meu mundo se resume ao encontro do que é terra e fogo dentro de mim, onde não me enxergo, mas me sinto.

 

    Martha Medeiros
Você foi!
O maior dos meus casos
De todos os abraços
O que eu nunca esqueci
Você foi!
Dos amores que eu tive
O mais complicado
E o mais simples prá mim...

Você foi!
O melhor dos meus erros
A mais estranha história
Que alguém já escreveu
E é por essas e outras
Que a minha saudade
Faz lembrar
De tudo outra vez...

Você foi!
A mentira sincera
Brincadeira mais séria
Que me aconteceu
Você foi!
O caso mais antigo
E o amor mais amigo
Que me apareceu...

Das lembranças
Que eu trago na vida
Você é a saudade
Que eu gosto de ter
Só assim!
Sinto você bem perto de mim
Outra vez...

Me esqueci!
De tentar te esquecer
Resolvi!
Te querer, por querer
Decidi te lembrar
Quantas vezes
Eu tenha vontade
Sem nada perder...

Ah!
Você foi!
Toda a felicidade
Você foi à maldade
Que só me fez bem
Você foi!
O melhor dos meus planos
E o maior dos enganos
Que eu pude fazer...

Das lembranças
Que eu trago na vida
Você é a saudade
Que eu gosto de ter
Só assim!
Sinto você bem perto de mim
Outra vez....
(Roberto Carlos)

sábado, 14 de novembro de 2009

"te amo"

"Ficar afim e não poder falar
 Querer o sim e não se acostumar, com a solidão o medo de amar...
 estranho vazio no seu olhar"

... Hoje eu me lembrei da primeira vez que eu disse te amo.
     Cada minimo detalhe, o teu abraço forte, a tua voz susurrando ao meu ouvido os dizeres te amo... E eu tremula por dentro correspondi dizendo "eu tbm te amo"
     Como me doi essa lembrança, foi a exatamente um ano que pra vc eu disse as palavras mais importantes do meu vocabulario...
       Vc faz tanta falta, eu to com um vazio dentro do peito, to precisando tanto de vc...
       

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Eu ainda sinto o teu cheiro no meu travesseiro...
Queria tanto vc aqui bem perto de mim.
Quando penso em tudo, é como se o passado não tivesse tido nenhum sentido,não tivesse existido.
As vezes meu coração sente as batidas do seu, então revivo nossos melhores momentos...
Eu sigo lutando contra esse sentimento, contra essa dor que não quer sessar...

NOSSA MÚSICA (Kiko Zambiachi)

Eu não sei
Se
preciso de você agora
Nem se posso lhe ajudar
Vou sair
Tá fazendo muito frio lá fora
Mas to querendo me isolar
Sinto falta de estar contente
Eu quero a vida que eu vim buscar
Melhor seria se você fosse alguém
Que pudesse me levar
Sei que eu te quero bem
Mas eu preciso do meu lugar
No seu mundo
Já passei
por coisas que você nem imagina
Que eu não conto pra ninguém
Mas cansei
De viver essa vida maluca
Eu quero um porto pra ancorar
Eu sei que sempre estou ausente
Que é muito tempo pra me esperar
Melhor seria se você fosse alguém
Que viesse me buscar
Sei que eu te quero bem
Mas eu preciso do meu lugar
Eu preciso do meu lugar
No seu mundo

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

..."Eu sei q é pra sempre enquanto durar e eu pesso somente o q eu puder dar"...

domingo, 8 de novembro de 2009


"O tempo passa mesmo quando isso parece impossível. Mesmo quando cada batida do ponteiro dos segundos dói como o sangue pulsando sob um hematoma. Passa de modo inconstante, com guinadas estranhas e calmarias arrastadas, mas passa. Até para mim."







        Lua Nova, Stephenie Meyer

sábado, 7 de novembro de 2009

[...] sabe que o meu gostar por você chegou a ser amor, pois se eu me comovia vendo você, pois se eu acordava no meio da noite só pra ver você dormindo, meu Deus...como você me doía!

De vez em quando eu vou ficar esperando você numa tarde cinzenta de inverno, bem no meio duma praça, então os meus braços não vão ser suficientes para abraçar você e a minha voz vai querer dizer tanta, mas tanta coisa que eu vou ficar calada um tempo enorme...só olhando você, sem dizer nada só olhando e pensando: Meu Deus, mas como você me dói de vez em quando! [...]


(Caio Fernando Abreu)

Deixa Partir...





Deixa partir

O que não te pertence mais
Deixa seguir o que não poderá voltar
Deixa morrer o que da vida já despediu
Abra a porta do quarto e a janela
Que o possível da vida te espera
Vem depressa que a vida precisa continuar
O que foi já não serve é passado
E o futuro ainda está do outro lado
E o presente é o presente que o tempo quer te entregar...

Daqui...


Um um pulo do alto mais alto...
Ela saltou e foi sentindo a queda cocerto prazer pernicioso, uma exporexcitação congênita, incontrolável, dominando todos os seus espaços, deixando-a extasiada naquele abismo sem precedentes  que a atraía como imã a um mergulho de sensações.
O vento de uma altura daquelas é gelado, mas conforta o corção; dá medo, mas também vontade de continuar. Ela não se esqueceu da altura  indeterminada e que poderia passar o  resto da  vida  ali, mas já se jogou a um tempo considerável e é chegada a hora da colisão.
Pensou enquanto caia "la embaixo algo pode me amparar, suavemente"... Agora, mais perto, acha que não. Ainda não vê o final, mas sente que não há nada esperando por ela.E todo mundo sabe o que vai acontecer...Quando um corpo se joga de certa altura, alcança determinada velocidade e o atrito é inevitável. Cabeças vão rolar, corações hão de se expor e contornos deixarão de ser pernas para se tornarem quebra cabeças.
Ela avisou "não me solte"...mas é complicado quando o corpo tende a cair por si só e do outro lado há um abismo natural, os braços não aguentam...

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Medo...

Tenho um nó no estômago.
A minha cabeça não pára de girar entre o dever e o querer.
Sinto-me num perigoso abismo entre o prazer e a dor...
Olhaste para mim como já há muito tempo ninguém me olhava.

Viste-me a alma e acariciaste-a com as duas mãos.
Roubaste-me o sossego e ofereceste-me o teu sorriso...
Faz-me falta o teu cheiro, os teus beijos, o teu respirar, o peso do teu corpo...
Quero parar de me controlar, de não poder sentir, de não poder dar e ter completamente!
Tenho saudades tuas e um medo terrível de me voltar a magoar.
Sinto tanta falta de me sentir completa, tranquila, amada.
Gosto de ti, de estar contigo, mas ao mesmo tempo sinto um medo terrível de te fazer mal...
Fazes-me sentir tão bem, que receio querer-te de mais.
Receio perder-te por não conseguir controlar o que quero mas não posso ter, nem sequer sentir....